Filho de ministro da Saúde será alvo de investigação pelo MPF

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF) irá investigar denúncia de suposto tráfico de influência por parte do pré-candidato a deputado federal Antônio Cristóvão Neto, conhecido como Queiroguinha. O procedimento foi instaurado nesta terça-feira (14), após o órgão receber denúncia contra o filho do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Queiroguinha foi alvo de denúncias através do Jornal O Globo sobre a presença frequente em eventos oficiais do Governo Federal enquanto pré-candidato a deputado federal pelo PL, partido do presidente Jair Bolsonaro.

No mês de abril, ele esteve em um ato em Sumé quando foi anunciado o repasse de R$ 12 milhões da Saúde a municípios da região do Cariri. Queiroguinha gravou uma entrevista a veículos locais em que indica ser integrante do Poder Executivo, mesmo sem exercer cargo público.

“Nós, enquanto representantes do Governo Federal, precisamos ter um olhar voltado com muita sensibilidade para essa região, que tem um grande potencial na área social, na área educacional e nos recursos hídricos”, afirmou o filho do ministro da Saúde. “Na área da saúde o prefeito sabe que pode contar com o apoio do ministro Marcelo Queiroga tanto na parte de custeio como na parte de investimento”, acrescentou.

 

Paraíba Já

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.