Falta de medicamentos para gripe em crianças preocupa pais em João Pessoa

A falta de remédio e de informação acerca da previsão de retorno dos produtos nas prateleiras das farmácias em João Pessoa deixa pais angustiados. O número de crianças com sintomas de tosse e gripe está crescente e o remédio mais indicado pelos médicos é justamente o antibiótico, que está difícil de ser encontrado. O ClickPB consultou algumas redes e constatou que a falta já dura semanas.

Segundo um dos gerentes, os remédios mais procurados e que estão sem previsão de chegada nas prateleiras são: Novalgina Baby, Amoxilina, Cefaclor, entrou outros. Os medicamentos mais procurados são para tratamento de gripes, crises alérgicas, sinusite e rinite. “Fazemos o pedido, mas a distribuidora não tem previsão de quando será feito o envio. Não é só na nossa rede, outras farmácias também estão com o mesmo problema”, disse.

Em entrevista ao ClickPB, a mãe da pequena Isadora, Cintia Ramalho, destaca que a demora em tratar com os remédios adequados afeta a saúde da criança. “Já vamos para quase 15 dias de espera e as farmácias não dão previsão nenhuma. Estamos usando outras formas como nebulização, xaropes, mas a gripe não passa. Ver nossos filhos doentes é a pior coisa”, desabafou.

 

Click PB

Foto: Reprodução


 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.